É DIA DE POESIA: Capital semântica

Mariana é aluna do 2° ano, no curso de Informática Integrado ao Ensino Médio no Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM). Em uma de suas atividades remotas que estão acontecendo nesse período pandêmico, na aula de Português, a professora Walkiria pediu para que os alunos elaborassem um resumo com o que aprenderam sobre o conteúdo do 1° trimestre: Concordância, Regência e Preconceito Linguístico. Mariana surpreendeu pela sua criatividade que transformou essa simples atividade, em arte.

Capital semântica

O mineirinho de Pirapora
Que o plural no verbo não conhecia
Combinava com a singularidade da vida do substantivo
E um choque cultural se aflorava
Lhe deixando despido de concordância
Sendo julgado pela falta de tolerância
Passado, presente e futuro
Semântico, nominal e verbal
Todos esses nomes,
Desconhecidos pra quem não vinha de capital
O gaúcho do interior
Rejeitado pelo doutor
Cujo sotaque tinha muito esplendor
Há, houve e houveram regência de pai e de mãe,
Ontem, hoje e amanhã avisam das inscrições
Estão ou está, aberta ou abertas
Escola da vida
Um erro simples, ser humano simples
Gramática é matéria
Não adjetivo comum, não ofensor de alguns.

– Mariana Borges Ferreira Tizzo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s